entre em contato, vem ser prime

Campos de respostas obrigatórias*

JUAREZ AFONSO MARTINS e MARCIA CRISTINA MILESKI MARTINS

CONSULTORIA

GRUPO MILESKI MARTINS

REDES SOCIAIS

Localização

LONDRINA PR

“Fé, foco, justiça e dedicação são as principais diretrizes da minha vida profissional na advocacia há mais de 20 anos!”. (Márcia Cristina Mileski Martins)

“A mãe da derrota é a preguiça e o pai o medo”. (Juarez Afonso Martins)

 

Márcia Cristina Mileski Martins é graduada em Letras pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Jandaia do Sul – FAFIJAN, em 1988, e em Direito, pela Universidade Estadual de Londrina–UEL, em 1994. Nasceu em Arapongas/PR, é casada há 21 anos com Juarez e mãe de Felipe. Ela relata sua trajetória.

“Sempre adorei estudar, ler e escrever e acredito que foi o principal motivo de ter cursado Letras. Já com o Direito foi diferente, pois fui instada pela minha mãe a dar vasão a uma necessidade de engajamento e de participação social que sempre tive, e ela via na carreira jurídica um ótimo caminho para isso. Iniciei minha vida profissional como docente em Letras para as disciplinas de Gramática Portuguesa e de Produção de Textos na UEL, mas já na época estagiava em um grande escritório de advocacia em Londrina. Enfim, após profunda reflexão, optei pela carreira de advogada e acredito que o fiz devido à multidisciplinaridade e dinamismo da profissão, além do fato de que, fiel a mim mesma, sabia que no direito eu poderia me contrapor às contradições e injustiças tão comuns em nossa sociedade, pois tais características se refletem cruamente em nosso Judiciário, especialmente em sentenças que, devido às nuances sociais, filosóficos e até ideológicos, muitas vezes infringem princípios legais como o da proporcionalidade e do cumprimento das penas, desvinculando-se da justiça e tornando-se meros instrumentos legais”.

Ela é sócia fundadora e advogada sênior da Mileski Martins Advocacia e atualmente seu escritório faz parte do Grupo Mileski Martins. “Hoje, olhando para trás, vejo que muita coisa passou e agora com quase 22 anos de profissão, atuamos não somente em Londrina e região, mas também nos Estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Distrito Federal, oferecendo atendimento personalizado nas áreas do Direito Civil, Comercial, Trabalhista e Tributário, não apenas a clientes individuais, mas também a empresas dos mais variados segmentos. Além disso, estamos na vanguarda da aplicação do “Planejamento Sucessório e Tributário”, fornecendo aos nossos clientes, alternativas legais e seguras na gestão e sucessão de seus patrimônios tanto extra quanto judicialmente”, ela completa.

Ela tem especialização e cursa Mestrado em Direito Negocial na UEL, como aluna especial, e pretende cursar doutorado na sequência. Conta que o seu maior desafio foi na área empresarial. “Já enfrentei muitos desafios, mas um dos maiores foi o de litigar por anos contra uma grande multinacional em defesa de uma empresa londrinense, sua subcontratada, que vinha sendo brutalmente lesada em seus direitos, forçada a aceitar alterações contratuais que levavam a diminuição de seu faturamento com sério risco de falência. Nesse trabalho consegui a rescisão do contrato de prestação de serviços sem ônus para meu cliente, além do seu ressarcimento pelos danos morais e financeiros sofridos com um acordo judicial sem precedentes anteriores, pois, a política interna daquela multinacional era de nunca fazer acordos. Foi o máximo! Os projetos futuros incluem o lançamento de uma plataforma digital de cursos jurídicos. “Quero prosseguir me especializando como profissional e, com a experiência adquirida, voltar à docência, só que agora na área jurídica, principalmente no Direito Processual Civil”, complementa.

A advogada conclui fazendo uma homenagem aos pais e ressalta: “Gostaria de homenagear minha querida mãe, que me impulsionou a ser a profissional que sou hoje, tanto como docente, quanto advogada. Meu pai, por não ter medido esforços para a realização dos meus sonhos acadêmicos. Meu esposo Juarez, pelo incentivo, dedicação e presença marcante em todas as fases da minha vida, eis que, sem o seu apoio não teria me tornado a profissional que sou hoje! E o meu filho Felipe, que mesmo com tão pouca idade e sentindo os longos períodos da minha ausência, sempre me incentivou a perseguir meus sonhos acadêmicos e profissionais”.

 

Juarez Afonso Martins é graduado em Biologia com foco em Toxicologia e em Licenciatura Plena em Ciências e Matemática, ambas pela Universidade Católica do Paraná – PUC/PR. Também é pós-graduado em Economia do Meio Ambiente Valoração Ambiental pela Universidade Estadual de Londrina - UEL. Iniciou sua carreira como professor ainda em Curitiba, sua cidade natal. Buscando novas oportunidades foi técnico analista na agência intergovernamental Organização Pan-americana da Saúde – OPAS em Brasília. Posteriormente se transferiu para o setor privado, exercendo função executiva em Assuntos Regulatórios na ICI Brasil e Ciba-Geigy, atualmente Syngenta Brasil, em São Paulo, e na Herbitécnica Defensivos Agrícolas, atualmente Adama Brasil em Londrina.

“Acredito que optei por biológicas por vocação e parte disso vem do fato de que, ainda muito jovem e morando em Curitiba, sentia profunda atração pela beleza majestosa que eu observava nos passeios e escaladas aos picos da Serra do Mar paranaense. Mas, com o tempo evoluí e passei a ter curiosidade e interesse pelas questões ambientais mais complexas, em especial pelo desafio de manter o nosso desenvolvimento social e econômico de forma sustentada, e isso me levou a enfrentar os apaixonantes desafios da indústria”, ele relata.                   

Uma de suas melhores experiências foi, já trabalhando no setor privado, ter colaborado decisivamente para trazer ao Brasil o conceito do registro de defensivos agrícolas por equivalência química, sistema indicado para a regulamentação de produtos genéricos, que se caracterizam pela sua ótima qualidade e acessibilidade ao agricultor e, consequentemente, pela redução dos custos de produção. Segundo ele, tudo ocorreu no momento certo, pois, à época, a indústria nacional vinha sofrendo pressão considerável por parte de grandes empresas multinacionais, que buscavam tornar a legislação de registro de produtos uma barreira não tarifária aos lançamentos de novos produtos genéricos. “Foram anos de altos investimentos e muito trabalho no desenvolvimento de novas tecnologias, e de duríssimos embates técnicos, políticos e administrativos, bem como, no campo das ideias, junto ao governo brasileiro, às entidades de classe e comissões setoriais no congresso nacional. Na verdade, foram tantas as frentes de atuação que não é possível citar todas, lembrando que, concomitantemente mantinha minhas atividades de Coordenador do Departamento de Registro de Produtos. Mas valeu a pena, ao final fomos vitoriosos, e produtos genéricos de qualidade comprovada se tornaram uma realidade para todos”, completa.

Após esse período, iniciou carreira solo fundando a Omia Assessoria Regulatória, onde presta serviços a empresas dos setores agrícola, veterinário, de saneantes domissanitários e de alimentos, entre outras, para a confecção de documentos técnicos necessários a legalização de seus negócios, bem como, de P&D de produtos e seu enquadramento junto à legislação. Explica que atualmente a Omia faz parte do Grupo Mileski Martins e que, atualmente, seu projeto mais importante são as duas plataformas comerciais online que o Grupo está desenvolvendo, a ‘Latere’, voltada para a comercialização de cursos técnicos nas áreas de atuação do Grupo e a ‘Buy Bonum’, voltada para a comercialização de produtos com base tecnológica voltados à indústria.

Ele finaliza lembrando as pessoas que estiveram com ele em sua jornada: “Meus pais fizeram por mim o que estava ao seu alcance e sou grato por isso, porém, infelizmente, me deixaram há muito tempo e não tiveram participação em minha vida adulta, mas para minha sorte encontrei minha esposa Márcia, um exemplo de abnegação, paciência e companheirismo e, graças a Deus, tivemos o Felipe, hoje um rapaz incrível com muitos planos e sonhos, e sim, eles são minha maior realização”.

O lazer do casal é bastante variado. “Vamos muito ao cinema, com direito à pipoca, Coca-Cola e tudo mais, e às vezes até pinta um ‘vernissage’. Também gostamos de estar com amigos, saboreando um bom vinho e até cozinhar, e tudo se completa com uma boa música. Além disso, viajar em família é maravilhoso, seja em um cruzeiro ou uma prosaica visita a Guaratuba. Enfim, viver é bom”, comenta Juarez.  E questionado sobre uma manchete jornalística que o realizaria como profissional e cidadão, conclui: “O Brasil decolou!”.